O que são essas tais fraldas modernas?



As fraldas modernas (ou ecológicas) lembram aquelas antigas calças enxutas utilizadas por nossas mães e avós, mas diferem porque são feitas de tecidos, como algodão ou malha, e podem ser utilizadas até o desfralde da criança. É uma aposta para quem quer economizar no gasto com fraldas descartáveis e ainda contribui para diminuir a poluição no meio ambiente. Mais charmosas e duráveis, elas dão pouquíssimo trabalho na hora da lavagem e têm pouco índice de desenvolvimento de alergias. 

COMO SÃO FEITAS

As fraldas são feitas em diversos tecidos. A sua composição externa pode ser em algodão, malha de biquíni, Microsoft/soft, pul (tecido importado impermeável), poliamida ou outros tecidos; e composição interna em algodão orgânico, dryfit, carvão de bamboo e Microsoft/soft. Tem fecho de velcro ou  de botões de pressão e podem ser em tamanhos do P ao EX ou em tamanho único com botão de regularem ou elásticos caseados ajustáveis à medida que o bebê cresce (de 3 à 16kg).

Os tipos de fraldas que existem são:
Pocket: fraldas com bolso para inserir o absorvente ou fraldas de pano;
Capa: o absorvente de pano fica em contato direto com a pele do bebê;
Diária: feitas de tecidos mais leves, como o algodão, e são usadas no dia-a-dia;
Noturna: feitas em Microsoft, têm a função de deixar o bebê seco durante toda a noite;
Praia/Piscina: feitas com a mesma malha de biquínis e dryfit (tecido de secagem rápida), essas fraldas podem ser usadas dentro do mar, sem o absorvente, seguram o cocô e aguentam xixi duas vezes.

Interior de uma fralda moderna, modelo Coolababy. Foto da internet

Os absorventes de pano internos podem ser feitos em tecidos como microfibra, carvão de bambo, fraldas de pano, cueiro, microsoft, atoalhado, melton ou qualquer outro tecido absorvente. Alguns podem ficar em contato com a pele do bebê, mas outros causam alergias e só devem ir dentro do bolso da fralda como os de microfibra, por exemplo.

COMO USAR

Quem escolheu a opção de fraldas com bolsos já pode deixá-las montadas em uma gaveta ou estante e trocá-las a cada 3/4  horas ou a depender do fluxo de xixi do seu bebê. Após tirá-la pode armazenar em um balde seco, de preferência com tampa, e lavar dia sim dia não ou a cada dois dias, a depender de sua disponibilidade. No caso das fraldas tamanho único você ajusta os botões ou o elástico de acordo com o tamanho da criança, tomando cuidado com o ajuste das perninhas, local de maior índice de vazamentos.

COMO LAVAR


Primeiro: está terminantemente proibido usar sabão em pó, em barra, alvejante ou amaciante. Esses produtos danificam as fibras do tecido fazendo com que as fraldas impermeabilizem, ou seja, não absorvam mais xixi. Cada pessoa lava de uma maneira e com produtos diferentes e os sugeridos são vinagre branco, bicarbonato de sódio, álcool (preferência o 70%), detergente neutro (de lavar pratos), água oxigenada ou sabão líquido (quantidade mínima para não impermeabilizar a fralda).

Lavagem na máquina ou tanquinho: Nas lavagens diárias desmonto as fraldas e absorventes e faço uma pré-lavagem (molho apenas com água); coloco na máquina de lavar uma colher de sopa de detergente neutro ou sabão líquido para uns 50 litros de água e dois copos americanos de vinagre branco (para tirar o odor de xixi); às vezes coloco umas duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio e por fim faço enxague duplo (a opção centrifugar não pode ser utilizada, pois danifica o material). Tem pessoas que optam por lavar apenas com água por causa do cloro que vem no tratamento da água encanada aqui no Brasil. 

Fraldas e absorventes podem ser lavados juntos, mas cuidado: se tiver fraldas com velcro prefira lavá-las separadamente.

Varal de fraldas e absorventes de pano. Foto da internet

Lavagem à mão: Em uma bacia coloco na água todos os itens descritos anteriormente, alterando apenas a quantidade. Dou uma chacoalhada ou esfregada e deixo de molho 20min depois enxáguo.

Como desinfetar: Uma vez por mês faço o processo da seguinte maneira: coloco todos os absorventes eu em uma bacia ou balde com água fervente e bicarbonato de sódio e deixo de molho até esfriiar. A quentura da água ajuda a tirar a impermeabilidade causada pelos produtos e também desinfeta caso tenha alguma bactéria. No caso das fraldas, elas não podem ficar numa temperatura muito quente, por isso coloco-as no balde na água quente do chuveiro com bicarbonato de sódio e depois de esfriar a água, enxáguo. Também aprendi a usar água sanitária em algumas lavagens, uma quantidade mínima, tipo: para 50 litros de água coloquei duas tampinhas de 5ml.

E o cocô? 

Para o cocô de bebês que tomam apenas leite materno minha sugestão é mergulhar tudo na água ou debaixo da torneira e tirar o excesso, depois coloca dentro da máquina ou lava à mão esfregando. Para crianças que já se alimentam e fazem um cocô mais consistente, joga o excesso no vaso sanitário e faz o mesmo procedimento. Também já criei uma pasta com água e bicarbonato de sódio e deixei quarando até a mancha sumir. Se não ficar branquinha e tirar toda a mancha não se preocupe, enxague e deixe no sol que ele tira tudinho. Mas depois que descobri que apenas pendurar ela molhada no varal em direção ao sol resolve o problema parei de fazer isso!

ONDE COMPRAR E CHÁ DE FRALDAS

As fraldas modernas são encontradas principalmente em lojas virtuais e você pode comprar por cartão de crédito, depósito e boleto bancário. Esse serviço inclui taxas como frete que podem variar dependendo do CEP de origem do empreendimento/revendedora. Algumas cidades tem loja física e você pode escolher pessoalmente. Esses empreendimentos também trabalham com o Chá de Fraldas virtual, em que você faz a lista e os/as convidados/as podem comprar pelo site. Em outra postagem apresentarei uma lista de marcas nacionais e revendedoras de fraldas modernas em todo o Brasil e aí você vai poder saber se no seu estado vende ou quem está mais próximo. Você também vai saber sobre o curso online que ensina passo a passo a fabricá-las.

MINHA EXPERIÊNCIA

Investi R$700,00 em fraldas de pano para usar até o desfralde. Atualmente tenho 28, quantidade suficiente para lavar de dois em dois dias. Fiz vaquinha entre amigos e arrecadei cerca de mais da metade do valor, assim comprei novas e usadas de quatro diferentes marcas, todas em tamanho único: Nós e o Davi e Dipano, marcas nacionais, e as importadas Ananbaby, Coolababy e chinesas de nomes desconhecidos. Tenho 4 fraldas de piscina, uma noturna e o restante para o dia-a-dia, todas no estilo pocket. Os absorventes que tenho são em microfibra, fleece, carvão de bamboo, melton e cueiro + atoalhado. Ainda uso as descartáveis às vezes para dormir, ir à rua e em viagens longas.

A minha adaptação com as fraldas de pano foi gradual. Comecei a usar de fato em meu filho – que atualmente tem 8 meses – desde os três meses, porque todas já cabiam nele. Tive problemas com vazamentos laterais, impermeabilização e lavagem. Me sinto mais segura, porém ainda não para deixar meu filho dormir com fralda de pano porque as experiências não foram boas e estou testando novamente. No início a lavagem era à mão, por serem poucas e porque tinha todo um ritual, mas com o aumento da quantidade lavo tudo no tanquinho e isso melhorou o tempo-benefício em 100%. 

Os pontos positivos do uso foram a redução de lixo diário com as fraldas descartáveis, o não aparecimento de assaduras e diminuição nos gastos com compra de fraldas. Os negativos foram a 
adaptação e os vazamentos, porque é tudo processual. Não considero que elas dêem trabalho, porque o mesmo tempo que reservo para lavar as roupas do bebê é o que lavo as fraldas.

Opinião de cada fralda que comprei

Essa foto é do bebê Samuel reproduzida no site da Dipano
Dipano: As fraldas Dipano são para mim uma das melhores, porém o custo dela é muito alto. São grandes e nunca tive problemas com vazamento durante o dia. Meu filho já dormiu com o kit de absorventes noturnos, algumas vezes vazaram xixi e outras não. Atualmente a combinação aborvente noturno de microfibra da Dipano + melton da Nós o Davi dura cerca de 10 horas. Elas são em tamanho único com ajuste de botões e tem estampas lindas. São as minhas preferidas! A empresa é nacional, mas as fraldas são produzidas na China com tecido importado (pul), acredito que por isso elas têm um preço mais salgado.

Nós e o Davi: São produzidas nacionalmente pela mãe empreendedora Laís. Me apaixonei pelo site, as estampas das fraldinhas e o carinho no atendimento ao público. Comprei fraldas com tecido externo em algodão, a noturna e as de piscina/praia. São em tamanho único, com elástico caseado nas pernas e cintura e fecho com botões de pressão. Tive problemas com vazamento nas laterais com as fraldas de algodão, por isso desisti de usar. Em compensação as de praia são ótimas para o calor da Bahia e nunca vazaram – atualmente são as que eu uso. O absorvente de melton que vem junto tem a melhor absorção de xixi também. São as fraldas que melhor se adaptaram ao corpo de meu filho.

Ananbaby: São as mesmas das fraldas Dipano e tem um preço muito menor. A experiência foi a mesma.

Coolababy: São importadas com tecido em pul, tamanho único e ajuste de botões. Como comprei usadas, os elásticos estavam desgastados, mas levei na costureira e ficaram novas. Foram aprovadas no quesito beleza e tamanho. São maiores que as outras, com ajuste extra-grande. O tecido que vai em contato com a pele, carvão de bamboo, é um dos melhores porque não deixa muito molhado, mas ainda tenho problemas com vazamento nas laterais das perninhas.

Chinesas: Essas eu ganhei em uma troca. São em tecido pul, mas achei a forma muito pequena. Porém são boas porque vazam bem pouco. 

O uso das fraldas de pano foi um dos melhores investimentos que fiz para meu filho. Ele nunca apresentou assaduras e nem alergia a nenhum tipo de tecido. Nunca tive problemas com cocô ou manchas e pretendo guardá-las para a próxima cria, quem sabe (risos). Ainda vou testar outras fraldas e absorventes para chegar ao nível de abolir o uso das fraldas descartáveis. 

Ouço muita chacota em relação a essa escolha mas não me arrependo. As pessoas perguntam: “você vai lavar fralda de cocô”? e pensam apenas na comodidade das fraldas descartáveis. Pois eu digo, as fraldas de cocô quem lava é a máquina! Outros dizem: “como são ecológicas se gasta água para lavar”? Lhes digo, as descartáveis gastam muito mais para sempre produzidas! Em suma, cada escolha tem dois lados (ou vários), o importante é respeitá-las. Acompanho um grupo do facebook chamado “Fraldas de pano - Fraldas ecológicas” que tem relatos, dúvidas e também é um espaço de venda de fraldas usadas para quem busca o preço mais em conta.

Ps.: A marca Nós e o Davi tem um canal no youtube que tira várias dúvidas sobre como usar, composição das fraldas, tipo de absorvente e você pode deixar sua pergunta: https://www.youtube.com/channel/UCH4T4Kuyj3PuRZlT7HU5LkA

2 comentários:

  1. Olá,
    Adorei o post e o seu blog. Parabens :)
    Por aqui tambem usamos fraldas de pano e estamos adorando a experiencia. Adoro ler relatos de outras maes sobre isso.
    Obrigada por compartilhar!
    Beijos,
    ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju! É sempre bom mandar para o vento o que aprendemos. Beija

      Excluir